Plenæ do latim, aquilo que é pleno, completo

Visão


Multi e interdisciplinares, nossos pilares são interdependentes. Um reforça o outro e sempre atuamos na integração entre eles. Este é o nosso caminho.

Envelhecer bem e qualidade de vida acontecem a partir das escolhas que fazemos o tempo todo, praticando e vivenciando conscientemente a integração dos pilares.

Propósito


Promover contextos e experiências para que as pessoas possam optar por hábitos mais saudáveis por meio da concientização e incorporação de atitudes e práticas necessárias para uma vida longa e plena.

Proposta de Valor


Vivemos em um momento único na história da humanidade. Nunca tivemos expectativas de vida tão altas no planeta. A longevidade passou a ser um elemento importante entre as escolhas de boa parte das pessoas. Essa possibilidade é nova e traz com ela um caminho mais duradouro e amplo para a expressão da nossa dimensão subjetiva. Antes, a preocupação básica era com a sobrevivência imediata. A finitude precoce já era esperada. Muitas vezes até mesmo na infância.

A partir destas certezas, uma nova questão passa a ser “envelhecer bem”. E junto com ela surgem duas indagações fundamentais:

QUEM VAI ENVELHECER BEM?

O QUE SIGNIFICA ENVELHECER BEM?

Nós, do Plenæ, estamos fazendo nossas próprias contribuições para auxiliar o maior número de pessoas possível a optar pela longevidade com bem-estar. Queremos colaborar com a sabedoria global sobre o envelhecimento saudável e trazer, por meio de nossa plataforma, informações importantes, projetos, indivíduos e organizações que estão fazendo a diferença em nossa compreensão da longevidade.

INTRODUÇÃO AOS PILARES

Para realizarmos nosso objetivo, adotamos uma abordagem integral, que explora de forma multidisciplinar e integrada como seis áreas do conhecimento - abrangendo o que existe de mais atual e revolucionário na ciência e de mais eficaz em práticas experienciais - contribuem juntas para a construção de uma visão e de uma consciência que tornam possível para cada um de nós viver uma vida longa e significativa.

A fim de ampliar perspectivas e promover um processo evolutivo pleno em cada pessoa, definimos as seis áreas do conhecimento e práticas (ou Pilares, como preferimos chamar) a seguir:

Corpo, Mente, Relações, Espírito, Contexto e Propósito

Para realizarmos nosso objetivo, adotamos uma abordagem integral, que explora de forma multidisciplinar e integrada como seis áreas do conhecimento - abrangendo o que existe de mais atual e revolucionário na ciência e de mais eficaz em práticas experienciais - contribuem juntas para a construção de uma visão e de uma consciência que tornam possível para cada um de nós viver uma vida longa e significativa.

A fim de ampliar perspectivas e promover um processo evolutivo pleno em cada pessoa, definimos as seis áreas do conhecimento (ou Pilares, como preferimos chamar).

Entenda cada pilar


Clique nos ícones abaixo para ler sobre cada um deles.

Propósito

É o significado que damos ao porquê de estarmos nesta vida. Ele dá sentido e direção à nossa existência. O nosso Propósito de Vida é o motivo pelo qual estamos aqui. Ele atravessa todos os Pilares e os conecta, dá sentido aos nossos atos e escolhas. É o que nos permite viver com integridade, com a sensação de que estamos sendo o que melhor poderíamos ser.

Propósito

Corpo

Se a vida é uma estrada, o corpo é o meio de transporte, o veículo que nos permite percorrê-la. O bom funcionamento do nosso corpo, máquina altamente complexa e sofisticada, porém frágil e temporária, é essencial para que o percurso seja longo e proveitoso. E isso depende, acima de tudo, das nossas escolhas.

Corpo

Mente

É o software, o programa que controla nosso cérebro. E, diferentemente de outros softwares, ele pode modificar o próprio hardware. Entender como a mente funciona é essencial para uma longevidade com saúde. A plasticidade cerebral é a comprovação científica de que ninguém está destinado a ser de um único jeito para o resto da vida.

Mente

Relações

Refere-se ao outro, desde as relações mais íntimas, passando por amigos e família, até o amor universal por todos os seres vivos. Sendo o homem um ser social, sem o outro vivemos menos e com menor qualidade. As relações que criamos são fatores vitais e de enorme repercussão na nossa longevidade.

Relações

Espírito

O espírito se refere ao campo da fé. A ciência não explica, mas as pessoas experienciam e sentem a espiritualidade. É um mistério que nos traz paz e longevidade. O olhar espiritual sobre a vida é o mais desconhecido de todos porque ele é vivenciado por cada um em sua própria individualidade.

Espírito

Contexto

Os contextos nos quais vivemos, em especial sob os aspectos ambientais (espaços verdes, ar limpo e água pura), econômicos (renda média familiar, acesso à alimentação e à saúde de qualidade) e educacionais (amplitude e duração da educação formal e informal), contribuem diretamente para nossa longevidade. O Contexto é o meio onde estamos inseridos.

Contexto

Objetivo


Promover mudanças de hábitos para envelhecer bem por meio das experiências de integração dos pilares.