Tamanho da fonte:

A ansiedade pode virar a vida do avesso, pois afeta diretamente atividades básicas como o sono, a produtividade e a energia. Abaixo, seguem cinco técnicas naturais que ajudam a reconquistar o equilíbrio – que é fundamental quando você precisa de tempo exatamente para analisar e abordar as questões mais profundas que causam o estresse e a ansiedade.

  1. Elimine bebidas estimulantes – A ansiedade muitas vezes invoca a autoindulgência em uma tentativa de acalmar os nervos. Elimine ou reduza o consumo de açúcar, cafeína e álcool. Comendo proteínas a cada 2 ou 3 horas, você mantém regular o açúcar no sangue e recarrega a energia para continuar ativo e evitar ataques de fome. Para isso, faça um potinho com nozes ou um shake de proteínas para ter sempre à mão. Quando você sente aquela vontade irresistível de açúcar, dê uma ajuda a você mesmo escolhendo sabiamente e deliberadamente frutas orgânicas ou chocolate escuro orgânico. Esforce-se pelo equilíbrio, não pela perfeição. Não há nada de errado com indulgências inteligentes e prazerosas, especialmente quando você precisa de um pouco de conforto.

  2. Suplementos – Os suplementos naturais podem resolver a ansiedade sem os efeitos colaterais associados aos medicamentos. Cada corpo é único e responde de forma diferente aos gatilhos emocionais, ambientais, físicos e psicológicos. Consulte o médico e explore o que é mais eficaz para o seu corpo. Sempre faça uma boa pesquisa para encontrar suplementos de alta qualidade produzidos por empresas confiáveis. Os seguintes suplementos fornecem suporte extra durante os momentos de estresse:

    • O magnésio é considerado o mineral mais poderoso disponível para o relaxamento. Crítico para várias funções do corpo, esgota-se facilmente com o estresse.

    • As vitaminas B também abandonam o corpo durante períodos estressantes. Inclua, como suplemento, o Complexo B para melhorar o humor, energia e função cerebral.

    • A melatonina induz o sono profundo.

    • L-Teanina, componente natural do chá verde, é um aminoácido conhecido por reduzir a ansiedade e induzir a calma. Também pode aprimorar o foco mental. Funciona bem em ambientes de trabalho.

    • Plantas medicinaiscontra o estresse, como ginseng, rhodiola, manjericão sagrado, maca e ashwaganda, diminuem naturalmente os níveis de cortisol (hormônio do estresse) e reabastecem as glândulas adrenais. Elas abordam simultaneamente outras questões como o desequilíbrio de açúcar no sangue, o sistema imunológico deprimido, níveis baixos de energia e libido.

  3. Óleos essenciais – Uma maneira barata de relaxar é manter uma garrafa ou duas de óleos essenciais na sua mesa de trabalho, bolsa ou armário de medicamentos. Inale ou coloque uma ou duas gotas na ponta dos dedos e bata levemente em suas têmporas, pulsos internos, terceiro olho, pescoço ou pés. Pode adicioná-los ao banho ou a um difusor. Há misturas de óleos essenciais feitas especificamente para enfrentar o estresse e a ansiedade. Os remédios à base de flores são outra opção, como as Florais de Bach, uma mistura suave de essências criadas pelo Dr. Bach para emergências e situações estressantes. A seguir, três tipos de óleos e suas funções:

    • Lavanda. Acalma o sistema nervoso.

    • Rosa. Eficaz para trauma romântico e estresse emocional.

    • Laranja. Potente analgésico aromático que os aromaterapeutas recomendam frequentemente como um tranquilizante.

  4. Respiração consciente – Prática simples e eficaz para aliviar a ansiedade e diminuir o estresse. Leva um minuto ou cinco (se você tiver) para respirar profundamente e redefinir seu sistema emocional. Em seguida, pergunte a si mesmo, onde a tensão se manifesta? Um estômago embrulhado? Um coração acelerado? Um nó em seu ombro? Uma dor de cabeça? O simples ato de reconhecer seu momento atual é, muitas vezes, suficiente para resolver a questão. Nunca perca a oportunidade de sintonizar-se com seu corpo, pois é aí que a magia acontece.

  5. Compaixão – Pratique a autocompaixão. Pode ser fácil olhar os erros das outras pessoas com compaixão e perdão, mas é mais difícil ter esse sentimento em relação a si mesmo. Comece a se olhar com compaixão. Aceite e perdoe as próprias fraquezas, dores e falhas. Estudos mostram que as pessoas que praticam a autocompaixão não são apenas menos ansiosas e menos deprimidas, elas são mais felizes e mais propensas a ter sucesso.

Leia o artigo original aqui.

Fonte: Monet Euan
Síntese: Equipe Plenae