Tamanho da fonte:

A nossa felicidade está, em boa parte, nas nossas mãos. Segundo a pesquisadora de felicidade Sonja Lyubomirsky, professora da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, 50% de nossa felicidade vem de nossa herança genética, 10% das circunstâncias da vida e 40% das decisões que tomamos e das atividades que escolhemos.

Não podemos decidir sobre nossa genética ou controlar completamente as circunstâncias da vida. No entanto, podemos nos envolver em ações que nos fazem felizes, como realizar atos de caridade e celebrar conquistas. Adotar uma visão otimista da vida e cultivar uma mentalidade que promova o crescimento pessoal nos ajuda a ser mais alegres e sábios.

Felicidade: qual é a sua definição?

Definir felicidade pode ser confuso por tratar-se tanto um estado – qualquer momento em que nos sentimos mais ou menos felizes – quanto de um estilo de vida. Pelos critérios não mutáveis, algumas pessoas são facilmente alegres, enquanto outras precisam lutar mais para conquistar felicidade.

Algumas definições de um momento feliz são:
• Ser uma boa pessoa;
• Ser grato pelo momento presente;
• Ser positivo sobre o passado, presente e futuro.

Leia o artigo completo aqui.

Fonte: Keith Witt
Síntese: Equipe Plenae

Mudança de Hábito

Como colocar em prática

    • Exercitar-se • Praticar o perdão • Seguir uma dieta saudável de acordo com o seu metabolismo • Conectar-se com indivíduos que você respeita e manter essas relações • Se tivermos cônjuge, cultivar a amizade e o amor com essa pessoa.