Tamanho da fonte:

O americano Leo Kellner, de 98 anos, encontrou um novo propósito para a vida. Passa os dias preparando e assando tortas e bolos para depois distribuir entre amigos, doentes, ou qualquer um que não possa ter uma boa refeição na cidade de Hastings, em Nebraska. Tudo começou quando tinha 92 anos, data em que se aposentou e a esposa de 72, Madelon, morreu.

“Eu tenho que fazer algo”, disse ele ao repórter Dennis Kellogg da estação de televisão pública norte-americana PBS. A atividade ajudou o padeiro a superar os dias que ficaram duplamente vazios. “Na época da Segunda Guerra, minha mãe cozinhava o que tinha. Éramos pobres. Sei a alegria que minhas sobremesas podem representar na vida de algumas pessoas.”

Estabelecer um novo propósito, o de cozinhar, pode ser o motivo pelo qual Kellner continua saudável e ativo. Os pesquisadores mostraram que o sentimento proporcionado por um objetivo de vida está associado a menor risco de AVC, demência e outras condições debilitantes.

Assista a história de Kellner no vídeo da PBS NewsHour abaixo: